Galeria Sesc de Artes recebe exposição sobre o povo Krahô


Composta com fotografias preto e branco em grandes dimensões, a exposição "Águas Ancestrais" do fotógrafo e pesquisador Emerson Silva encontra-se aberta ao público para visitação até o dia 30 de julho.


Segundo o Emerson Silva: "A exposição Águas Ancestrais, se trata de um ensaio fotográfico sobre detalhes da cultura e o modo de vida do povo Krahô (Mehin), conceituada na ilustração da linha imaginária que liga ancestralidade à contemporaneidade, utilizando-se da água e das crianças deste Povo, como ícones metafóricos representando esta ligação. A Água como ancestral, como vida, como caminho a criança como o hoje e como o futuro desse povo. As águas trouxeram o povo Krahô até os dias de hoje. As Águas Ancestrais banham o presente, saciam a sede de sobrevivência deste Povo e correm para um futuro incerto."


A exposição conta com 20 fotografia e um catálogo bilíngue português e timbira falada pelo povo Krahô. A tradução do texto para a língua timbira foi realizada por Renato Yahé Krahô, que participou de um bate-papo na abertura da exposição. O bate-papo pode ser conferido no canal do Youtube do Sesc Tocantins.


Catálogo da exposição


Vídeo da abertura da Exposição "Águas Ancestrais"



Sobre o fotógrafo

Emerson Silva é natural de São Paulo capital, Emerson Silva, reside em Palmas – TO desde 1995, onde atua como repórter fotográfico e documentarista a mais de 20 anos.

Apaixonado pela cultura popular e tradicional tocantinense, trabalhou na assessoria de comunicação da então Fundação Cultural do Estado do Tocantins, como fotógrafo documental e fotojornalista, onde teve a oportunidade de conhecer a fundo as manifestações culturais regionais, patrimônios materiais e imateriais e seus personagens – comunidades rurais negras, indígenas de várias etnias, angariando assim uma vasta experiência e representatividade na área.


Ganhador de vários prêmios nacionais de fotografia, realizou várias exposições pelo Brasil e pelo mundo, com destaque para a participação da exposição “MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA (Women that Make a Difference)”, exposição Fotográfica Coletiva, no Palácio das Nações Unidas na Cidade de Genebra, Suíça. Atuou como repórter fotográfico do Portal Stylo e Jornal do Tocantins, dois grandes veículos de comunicação tocantinense.


Sobre o tradutor

Renato Yahé Krahô, nascido em 25 de março de 1985 no Tocantins, Yahé é membro do Povo Indígena Krahô. Jovem liderança, formado em Licenciatura Intercultural Indígena, Mestre em Letras, membro do quadro de Professores Indígenas do Estado do Tocantins, Professor de Ensino Básico e Médio, ocupando também o cargo de Diretor de Escola, autor dos livros: “Educação Indígena: Livro de Alfabetização Krahô; e Gramática Pedagógica Krahô.”, foi membro do Conselho de Educação Escolar Indígena e Presidente Estadual do Conselho Escolar Indígena do Tocantins, biênio 2015/2016. Jovem, experiente e talentoso, liderança nata de seu Povo.


Serviço

Exposição Águas Ancestrais


Local

Galeria Sesc de Artes - Centro de Atividades do Sesc

QUADRA ARSE 92 ALAMEDA 7, Nº 48, Palmas - TO, 77023-384


Visitação

06 a 30 de julho de 2021 das 08h às 21h.


Informações e agendamento de visitas mediadas

(63) 3212 9922 / artesplasticas@sescto.com.br

www.sescto.com.br


39 visualizações0 comentário