top of page

Artistas tocantinenses participam de exposição coletiva no Museu do Piauí

Atualizado: 17 de nov. de 2022


A exposição "Matriz: A estesia do gesto", com curadoria de Cláudia Freire e abertura programada para o dia 17 de novembro às 09 horas , no Museu do Piauí - Casa de Odilon Nunes, traz uma importante reflexão sobre o processo da gravura a partir de xposição de matrizes.


Segunda a curadora: "a exposição coletiva traz os trabalhos de artistas que desenvolvem estudos e pesquisas na linguagem da Gravura. Nesta mostra dialogam com sua poética através do gesto gravado, oportunizando ao público o conhecimento sobre os processos desta linguagem artística que se apresenta como exigente sob a ótica da técnica e da disciplina, deixando assim uma marca do esmero dispensado ao ato da criação artística."


Participam da exposição coletiva os artistas gravadores:


Para os artistas tocantinenses Vone Petson e Pablo Marquinho a exposição é um importante reconhecimento e uma oportunidade de apresentar a produção e pesquisa em gravura para outros públicos.


A Exposição fica disponível até o dia 17 de dezembro com classificação indicativa livre e pode ser visitada das terças as sextas-feiras, das 8h às 17h.



Sobre a curadora

Cláudia Freire é Artista Visual, nasceu e reside em Teresina-PI, graduada em Engenharia Civil (UFPI), Licenciada em Artes Visuais (UFPI) e pós-graduada em Gestão Pública (FIJ-RJ). Iniciou seu aprendizado, desenvolvendo seus primeiros trabalhos em Gravura quando integrava o Núcleo de Gravura e Pesquisa do Piauí - NUGRAPPI. Tem sua formação artística realizada continuamente através da pesquisa nas linguagens do desenho, pintura acrílica, aquarela e gravura. Ao desenvolver seu trabalho em gravura traz, em cada experimento, a liberdade expressada no movimento das linhas fluidas escavadas na madeira. E assim, estabelece um diálogo entre o gesto produtor de imagens e o entorno, alinhando o olhar sensível que percebe o mundo à captação da essência das coisas. Nesse processo, cada Matriz gravada anuncia a interação desse gesto criador com a consciência acerca das temáticas preciosas para suas construções: feminilidade, natureza, pertencimento, fluidez e movimento.


Sobre os artistas tocantinenses

Artista visual, graduado em Licenciatura em Educação Artística, com Habilitação em Artes Plásticas, pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Mestre em Performances Culturais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), seu trabalho se caracteriza pela busca do entendimento das relações do homem com a própria cultura e as reverberações desta na vida social e cotidiana. Atualmente tenta imprimir estas inquietações em desenhos, pinturas e xilogravuras.

Contato: @pablomarquinho


Vone Petson, nasceu em Porto Nacional, Tocantins, Brasil. Vive e trabalha em Palmas, Tocantins. É artista visual e exerce a curadoria há 13 anos. Pós-graduado em Museografia e Patrimônio Histórico. Graduado em História e Filosofia. Presta serviços ao SESC no Tocantins como curador, gestão e produção em Artes Visuais desde 2008. Criador da Casa Visual Galeria e membro fundador do NUGRATO – Núcleo de Gravura do Tocantins. Como artista em sua poética artística desenvolve trabalhos que abordam temas ligados ao mitológico, ao sagrado e ao tempo enquanto tecido/fio da vida.

Contato: @vonepetson


Serviço:

Exposição "Matriz: A estesia do gesto"


Local:

Museu do Piauí - Casa de Odilon Nunes


Data e hora:

Abertura dia 17 de novembro às 09 h

Exposição de 17 de novembro a 17 de dezembro de 2022, terças a sextas-feiras das 8h às 17h.


Informações

コメント


bottom of page